Dicas em Conta Gotas - por Renato Fazzolari    

"Dicas em Conta Gotas”, são matérias compactas que periodicamente a AGRHO divulga e que abordam temas variados e relevantes. O Objetivo é  despertar e/ou orientar nossos parceiros, sobre as armadilhas organizacionais e comportamentais do dia-a-dia. Para ler mais dicas, clique

 APRENDENDO COM  O FUTEBOL.


No que o futebol pode ajudar na estruturação organizacional?

 

 

Desde criança, aprendi a gostar muito de futebol, e não só praticava, pois era uma das poucas opções de esporte na época, como desde então, tenho acompanhado as evoluções que ocorreram.

 

Como praticante não fui muito longe, pois não tinha grande talento, porém me diverti muito e creio que valeu a pena. No entanto, acompanhando a evolução do futebol e associando à minha carreira profissional, aprendi muito, e inclusive apliquei com sucesso nas consultorias que prestei nas empresas clientes. Vou explicar como isso se deu:

 

Quando inventaram o futebol, o esquema que os times adotavam era 1 goleiro, 2 zagueiros (um no lado direito e outro no esquerdo), 3 zagueiros centrais e 5 atacantes, então o time se compunha da seguinte maneira, 1, 2, 3 e 5 = 11 jogadores.

Com a evolução do futebol, os técnicos procuraram criar estratégias, de maneira a otimizarem os recursos dos jogadores (profissionais) de suas equipes, e se destacarem sobre os adversários (concorrentes). Como exemplo, temos a Seleção do Brasil do Tri em 1970, que adotou o esquema 1, 4, 2, 4, ou seja: 1 goleiro, 4 zagueiros (defensores) 2 meio campistas e 4 atacantes. Com essa estratégia e os talentos dos jogadores de então, o Brasil ganhou a Copa do Mundo.

 

Para quem não está familiarizado com essa “linguagem futebolística”, basta entender que, o que ocorreu foi uma estratégia inteligente que  otimizou o talento dos jogadores (profissionais) às condições existentes, tornando-o mais eficiente que os adversários (concorrentes).

 

Mas a vida continuou, e logo os adversários (concorrentes), perceberam que se quisessem ser competitivos, teriam que encarar a realidade e criar estratégias mais inteligentes. Daí surgiram esquemas do tipo 1,5,2,3 / 1,4,5,1 e até novas filosofias de jogar, tal qual o Carrossel Holandês, a famosa “Laranja Mecânica” onde todos jogavam em todas as posições, ou mesmo o mais recente e bem sucedido “TIC TAC” Espanhol, e assim por diante.  Mas o que é importante saber é que a evolução cria desafios e para suplantá-los, exige que se tenha criatividade e ousadia.

 

Isto que estamos expondo, mostra que os acomodados vão ficando para trás, dando lugar aos mais competentes. Isso tem nome e se chama “SELEÇÃO NATURAL”, que a vida é mestre em colocar em prática.

 

Agora que você se tornou um expert em futebol, vamos expor o analogismo do Futebol com as Estruturas Organizacionais e Comportamentais das empresas.

 

Informática, Internet, Google, cursos de formação e especialização de profissionais, MBA’s, explosão demográfica, consumismo, novas tecnologias, mudanças na economia, novas culturas e necessidades, globalização etc. Todas essas coisas, juntamente com muitas e muitas outras, que estão acontecendo nos últimos tempos, e de maneira muito acelerada, têm exigido das empresas muita criatividade para se manterem e suplantar seus concorrentes. A boa notícia é que juntamente com as dificuldades, também têm surgido grandes oportunidades para serem exploradas.

 

No entanto, o que se tem observado, é que apesar das evidências, e a exemplo do que ocorre com o futebol, onde os mais aptos e criativos obtém sucesso, e os mais acomodados o insucesso, muitas empresas insistem em continuarem conservadoras, e muito lentas para se modernizarem e se adequarem às exigências dos novos tempos.

 

Para sintetizarmos o que queremos dizer, e darmos a “DICA” de hoje, sugerimos que analise se a sua estrutura organizacional está adequada. Dê uma rápida observada em seus respectivos organogramas; será que como no futebol, você mantém o tradicional esquema, 1, 2, 3, 5 (ultrapassado), ou será que através dos tempos tentou um esquema mais inteligente e dinâmico, que lhe trouxe e traz mais eficiência e otimização na organização? Treinou ou treina seus profissionais para se adaptarem aos novos desafios e oportunidades que o mercado apresenta? A Estrutura Organizacional e Comportamental de sua empresa ou de seu departamento, tem se atualizado proporcionalmente aos desafios que a modernidade vai apresentando? Ou será que você se auto engana e “tapa o sol com a peneira”, colocando remendos novos em roupas velhas?

 

Pare para pensar, pense, saia do comodismo, ouse enquanto é tempo; sua atitude fatalmente irá fazer a diferença, e será responsável pelos resultados que vier a obter.

  

 

 

 

 

|
|
|
|
|
Rua Siqueira Campos, 17 - Conj.03 - Galeria Martinelli - Sousas - Campinas - SP
AGRHO - Todos os direitos reservados.
.