Dicas em Conta Gotas - por Renato Fazzolari    

"Dicas em Conta Gotas”, são matérias compactas que periodicamente a AGRHO divulga e que abordam temas variados e relevantes. O Objetivo é despertar e/ou orientar nossos parceiros, sobre as armadilhas organizacionais e comportamentais do dia-a-dia. Para ler mais dicas, clique.

VAI COM CALMA

Bom para Você e para os outros

Se entendermos o que a palavra “Calma” significa, talvez isso possa nos ajudar a colocá-la em prática de maneira consciente e obtermos melhores resultados de nosso comportamento. Vamos analisar como isso se dá.

Existe uma tendência natural em se abreviar frases e palavras, e com o tempo achar que elas têm sentido próprio, e acaba se perdendo a origem de seu significado.

Por exemplo: o agradecimento que originalmente se fala “muito obrigado”, com o tempo vai passando pelas seguintes variações: “to brigado”, “ brigado”, “gado”.

Óbvio se alguém que não está familiarizado com a linguagem, tentar descobrir o que significa a palavra “gado”, e for buscar no dicionário, vai pensar que as pessoas agradecem desejando bois e vacas para os outros.

Esse é um simples exemplo de como as palavras vão se desviando no caminho de seu significado original.

Agora voltamos para o nosso tema, e vamos analisar a palavra “CALMA”. Normalmente vamos entender que é para não se ficar nervoso, o que não está de todo errado, mas por que CALMA é não estar nervoso?

Vejamos: vamos desmembrar a palavra Calma, e fazer o processo inverso do agradecimento “gado”. Calma é uma palavra composta da “letra C”+ “Alma”, a “letra C” já é a abreviação de “Com”. Então quando se diz “Vai com Calma”, está querendo-se dizer “Vai com a Alma”.

E quando se pede para “ir com Calma” ou simplesmente para “ter Calma”, está se apelando para que se aja com a parte mais nobre de nosso ser, a Alma, que busquemos naquele momento, não somente não sermos nervosos, mas, que também tenhamos sabedoria, ponderação, compreensão, perdão, e, sobretudo “amor”, com quem iremos nos relacionar.

Quando agimos desalmadamente, ou seja, “sem a alma”, a tendência é sermos mesquinhos, vingativos, agressivos, rancorosos, desumanos, odiosos; nos expressamos nervosamente, e principalmente sem amor.

Como tudo que se planta se colhe, e como toda ação reclama uma reação, dependendo de nossa escolha de comportamento, iremos colher em nossa vida profissional, afetiva, familiar, social, etc, exatamente os resultados de nossa opção de comportamento. Teremos o que merecemos!!!

O bom é sabermos que o controle e a escolha de agir com ou sem “Calma” é uma decisão puramente pessoal.

Agora que você está consciente, como pretenderá agir daqui para frente????

 

|
|
|
|
|
Rua Siqueira Campos, 17 - Conj.03 - Galeria Martinelli - Sousas - Campinas - SP
AGRHO - Todos os direitos reservados.
.